abr 062011
 

Diego Rivera, pintor mexicano. Depois de estudar na sua pátria, em Madrid e em Paris, regressou ao México em 1921. Data desta época o início do renascimento da grande pintura mural mexicana de que foi um dos arautos. Comunista convicto, rivera executou uma arte descritiva e de propaganda, atacando e satirizando a burguesia e procurando exaltar os valores culturais da tradição local. A sua vasta obra de muralista (cerca de 4.000 m2) é de valor plástico desigual. Rivera dedicou-se também, entre 1936 e 1940, à pintura de cavalete (paisagens, retratos, figuras populares). A sua obra, embora de forte acento didático e propagandístico, possui certa ingenuidade e lirismo, que, por vezes, superam a paixão sócio-política, que ordináriamente a inspirava
Video Rating: 0 / 5